sexta-feira, 15 de junho de 2007

Laranja dourada


Dentre as nações européias, a Holanda é a primeira a confirmar sua vaga nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008. Na tarde da última quarta-feira, os jovens da Orange, com o empate de 2 a 2 diante de Portugal, ratificaram a classificação para as semifinais do Campeonato Europeu sub-21, em franca disputa em pleno território holandês.

Na lista de grandes promessas, o que não poderia faltar na Holanda, destaque para o volante/lateral Drenthe (Feyenoord) e o centroavante Ryan Babel (Ajax). Rigter (NAC Breda), parceiro deste, joga o Europeu sub-21 mas não tem idade olímpica. Além deles, menções valorosas para o zagueiro Vlaar (Feyenoord) e o volante Maduro (Ajax). Surge o primeiro obstáculo para o ouro brasileiro em Pequim. Aliás, terceiro, pois Argentina e China também estão garantidas.

De Portugal, que vem decepcionando, atenção aos 'leões' Nani, Moutinho e Miguel Veloso, todos oriundos da base do Sporting, das mais qualificadas da Europa no momento. No time de José Couceiro, ainda chamam a atenção o volante Manuel Fernandes (Benfica), Manuel Da Costa (PSV) e Hugo Almeida (Werder Bremen) .

Para avançar à fase semifinal, os portugueses precisam vencer Israel e torcer para a Holanda, já classificada, bater a Bélgica. De qualquer forma, a vaga em Pequim ainda pode chegar, mesmo que a eliminação aconteça. A Inglaterra, possível classificada da outra fase, não tem representação olímpica. Ou seja, disputa os Jogos como Reino Unido.

Caso a classificação do English Team para as semifinais do Europeu se confirme, será disputado um play-off entre os dois terceiros colocados de cada uma das duas chaves. O vencedor, também brigará pelo Ouro em Pequim.

Nos próximos dias, destaque para outras seleções.

Saiba mais sobre o Europeu Sub-21

Competição muito valorizada no Velho Continente, conta possivelmente pela primeira vez com transmissão televisionado para o Brasil, através dos canais Espn. Atenção para o critério de idade: apesar de ser tido como sub-21, a competição é, em tese, sub-23. A idade limite, no início da fase eliminatória, é com base na data de disputa da fase final.

A duração da fase eliminatória até a fase final, normalmente, é de dois anos. Isso faz com que o jogador que chegue aos últimos embates, tenha ultrapassado os 21 anos.

Na atual edição, oito seleções chegaram para a disputa final: Holanda, Portugal, Israel e Bélgica, no grupo A; Inglaterra, Itália, República Tcheca e Sérvia no grupo B. Avançam duas de cada chave para a disputa de semifinal e final, e todas estas quatro - exceto no caso da Inglaterra - garantem vaga em Pequim.

7 comentários:

Anônimo disse...

Certamente a Holanda é a grande favorita. A sérvia também, pelos 6 pontos. Já a Itália, na minha opinião, é a seleção que tem mais futuros talentos, mas não tem um conjunto. A Inglaterra é só nome e aplicação tática.

Marcus Alves disse...

De fato, o Drenthe chama a atenção por tamanha qualidade no apoio. Contra Israel, percorreu todo o campo, iniciando ataques, inclusive, pela direita. Se bem formado, pode se tornar um excelente nome para a Holanda.

Anônimo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.

André Augusto disse...

Tem o Babel também, jogador muito rápido e habilidoso.
A Holanda possui bons valores e será uma das favoritas ao ouro olímpico.

Anônimo disse...

realmente portugal vem decepcionando no Europeu Sub-21... o ridículo é que agora eles ficam fazendo insinuações, dizendo que a holanda há algum tempo força na Uefa, dando a entender que os árbitros tão favorecendo eles...

agora ficam dizendo que a holanda vai empatar com a bélgica, pra classificar os dois...

tal como cá, sempre tentam esconder suas deficiências e falhas com desculpas esfarrapadas

Maurício disse...

Poio, tá no ar um trecho da entrevista de domingo com o Bindi. Ouve lá depois!

Abraços

Henrique Moretti disse...

Realmente muito bom jogador o Drenthe, do Feyenoord. Vlaar, Maduro e Babel já são bem mais conhecidos, tendo o primeiro ido muito mal pela seleção principal naquele amistoso contra a Itália, antes da Copa 06.
A luta pela última vaga entre Itália e Portugal será emocionante.