sábado, 30 de agosto de 2008

A temporada de Denílson


Os mais desavisados se assustaram quando o Arsenal pagou cerca de 6 milhões de euros para levar o garoto Denílson para a Inglaterra. Afinal, o forte daquele São Paulo eram justamente os volantes: Josué e Mineiro. Os ingleses, mostrou o tempo, estavam com a razão.

Em sua terceira temporada no Arsenal, Denílson, presença constante em todas as seleções de base brasileiras, é o nome definido por Arsène Wenger para preencher o espaço deixado pelo francês Mathieu Flamini, transferido ao Milan. Titular absoluto dos Gunners, o garoto de agora 20 anos parece pronto para a missão.

Atuando mais preso que o outro meia-central, o espanhol Fàbregas, o menino formado na base são-paulino é discreto e eficiente na marcação. Com a bola no pé, tem os requisitos técnicos para compor uma linha de meio-campistas padrão do futebol inglês.

Prova disso é a atuação consistente neste sábado, contra o Newcastle. De quebra, Denílson fez o terceiro dos três gols do Arsenal. Essa é sua temporada de afirmação na Premier League.

5 comentários:

Arthur Virgílio disse...

Acho que o Denílson vem pegando confiança. Assisti a partida dele semana passada e ele não esteve bem, mas hoje contra o Newcastle jogou melhor, fez até gol e tem um ótimo passe. Titular do Arsenal e nem lembrado por Dunga na seleção pré-olímpica. Uma vergonha.

Rakal D'Addio disse...

Tomara que o gol dê confiança para ele, porque a quantidade excessiva de passes errados certamente não estavam contribuindo muito pela sua permanência no time titular. Acho que ele tem que crescer um pouco mais nos próximos jogos para que não tenha a posição ameaçada - pelo Diaby, quando se recuperar, por exemplo, ou então pelo tal meia experiente que pode ser contratado.

Abraços

André Augusto disse...

Será um futuro meia de seleção. Já mostrou personalidade e bom futebol. O olho clínico de Wenger não é à toa...

Maurício Vargas disse...

Definitivamente, tem tudo para ser um jogador fora de série. Só há de se lamentar que sua qualidade nunca será totalmente aproveitada pelos treinadores brasileiros.

Leonardo disse...

Assisti esse jogo e como joga bonito esse arsenal. Resta saber se a falta de experiência de alguns jogadores alguma hora vai fazer falta. Concordo com o que você disse sobre o Denílson, discreto e eficiente. Belo jogador.

Primeira vez que venho por aqui e já gostei, sempre acompanhei o Trivela.

Parabéns =D