segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Problemas sanados, Portugal perto da Copa


O jogo fora de Bósnia inspira preocupações para Portugal. Afinal, os comandados de Miroslav Blazevic, a despeito das três bolas na trave de Eduardo, tiveram uma postura excessivamente cautelosa na Luz. Mesmo assim, é correto dizer que Carlos Queiroz resolveu alguns dos problemas do time, que venceu cinco e empatou um de seus seis jogos mais recentes pelas Eliminatórias. Hoje, os Tugas estão com um pé na África do Sul.

Portugal tinha problemas antigos a resolver, como o gol e a lateral esquerda. Discretos, Eduardo, o camisa 1 do líder Braga, e Duda, meia de origem, mas cumprindo bom papel mais atrás. Outro ajuste importante foi reposicionar Pepe como o popular “trinco”, o volante mais recuado. Misimovic foi bem neutralizado pelo tradicionalmente zagueiro alagoano. O sistema só funciona porque Bruno Alves cumpre finalidade na zaga ao lado do soberano Ricardo Carvalho.

O jogo de Portugal flui e é seguro, também, pelos bons papéis que fazem Deco, armando pela direita, e Raul Meirelles, cobrindo os avanços de Duda pela esquerda e também acrescentando ofensivamente. Nesse 4-3-3 (desdobrado em 4-1-2-3), resolve e muito ter encontrado um centroavante como Liedson. O brasileiro é o camisa 9 que Portugal não tinha há pelo menos uma década. Se move, arrasta os zagueiros para os do campo, é um terror nas bolas aéreas e a maior novidade no time de Queiroz, hoje perto da Copa do Mundo.

Um comentário:

sacramento_claudio disse...

Portugal tem jogado melhor mesmo, assim como tem conseguido resultados satisfatórios nos últimos jogos. Já é um time quase pronto para a Copa. A Bósnia tinha uma linha de frente talentosa. Além do meia promissor Pjanic, às vezes titular, ás vezes reserva por questões táticas, aparecem o meia de ligação, lançador e bom finalizador, Misimovic, e os perigosos atacantes Dzeco e Ibisevic. Mesmo assim Portugal não tomou gol nos 2 jogos. E essa era a maior preocupação. Alguns pequenos ajustes poderão levar Portugal a fazer mais uma boa Copa do Mundo.