sexta-feira, 10 de julho de 2009

Muricy quis o Palmeiras?



A resposta à pergunta é de que não quis. Se realmente quisesse trabalhar no Palmeiras, Muricy não teria pedido tanto, não teria arranjado tantos empecilhos. Dizer que o anúncio de Belluzzo saiu logo após a ridícula derrota do Inter em Quito é especulação, aliás.

A questão é que Muricy não queria mesmo trabalhar no rival depois de tão pouco tempo. Não pegaria bem para a imagem do treinador, muito bem avaliada no meio do futebol. Por enquanto, melhor é descansar, depois de várias temporadas tão estressantes. Afinal, poucos se dedicam, física e emocionalmente ao time que dirige, como faz o tricampeão brasileiro.

Muricy fez para sua imagem ao dizer não. Ao Palmeiras, um baita problema: quem trazer? Dorival Júnior não deixará o Vasco, isso é fato. Não há outro nome confiável que esteja no mercado.

2 comentários:

blogsfutebolcatarinense disse...

Sou Tibério, tenho um blog onde faço um apanhado dos blogs catarinenses sobre futebol.
Então meus amigos, para conhecer um pouco do que rola na blogosfera catarinense sobre futebol é só nos visitar.
http://blogsfutebolcatarinense.blogspot.com

André disse...

Não tenho dúvidas que as diversas manifestações da torcida do São Paulo após a saída do treinador, pedindo a sua volta, influenciaram na decisão. E levando-se em conta que 700 mil era o que ganhava Luxemburgo, não achei um valor exorbitante (óbvio que utilizando apenas esse parâmetro pro valor não ser absurdo).

Blog bacana, vai pros favoritos do meu blog.
Abraços.