sábado, 8 de agosto de 2009

Começou como terminou


Enfrentar o ótimo Stuttgart, com os reforços bem razoáveis, Hleb e Pogrebnyak, dentro de campo, era um desafio razoável, mas o Wolfsburg encarou da melhor forma possível. Teve dificuldades ao longo da partida, mas soube se impor, dizer que era o campeão e que mandava no jogo. Por isso, e pelo brilho individual de seus homens de frente, venceu por 2 a 0 na abertura da Bundesliga.

Armin Veh é bom nome para substituir Felix Magath, sobretudo porque não precisará reconstruir o time. O Wolfsburg deu demonstração de grandeza, do tamanho do poderio da Volkswagen, dona de mais de 90% das ações do clube, e manteve todo mundo por lá, a despeito do assédio, em especial por Dzeko. Ainda buscou reforços interessantes como Obafemi Martins, Ziani e Kahlenberg, os dois últimos vindos da França.

A grande questão para os Lobos é conciliar a disputa caseira com a europeia, o que é sempre um dilema para clubes médios que vão além do objetivo tradicional, não são fortes suficientes para se impor nos torneios continentais e perdem fôlego em seu país porque têm adversários quase no mesmo nível. Ainda assim, o Wolfsburg parece grande, forte, e disposto para uma nova boa temporada.

-
No Terra, 3 matérias sobre o início do Campeonato Alemão

http://esportes.terra.com.br/futebol/europeu/2008/interna/0,,OI3909696-EI11626,00-Rei+do+equilibrio+Campeonato+Alemao+comeca+cheio+de+favoritos.html

2 comentários:

Diário dos Esportes Golaço disse...

Muito legal seu blog, queria fazer uma parceria,,. ta afim??
visita la o meu:
http://diarioesportivogolaco.blogspot.com
E me fala la nos meus comentarioss..
abraços

André Augusto disse...

Vamos ver se o Wolfsburg mantém o nível da temporada passada. Mas a manutenção da base é ponto positivo para a busca de boa campanha na UCL e na Bundesliga