quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Quem quer ganhar a Sul-Americana?


Um Fla-Flu que promete ser bastante modorrento abre a participação dos clubes brasileiros na oitava edição da Copa Sul-Americana. Andrade e Renato Gaúcho devem utilizar time misto, especialmente no Fluminense, que briga contra o rebaixamento na Série A. E ao que parece, apesar da repercussão positiva do título do Internacional em 2008, ninguém ainda parece dar pelota para a competição.

Flamengo, Fluminense, Coritiba, Vitória, Atlético-MG, Goiás, Botafogo e Atlético-PR não têm projetos para vencer a competição e nem reforçaram seus elencos para conciliar o torneio com a Série A. Talvez os flamenguistas é que tenham o time mais arrumado para o torneio, com um banco mais ou menos interessante.

Vale lembrar que o Inter embolsou quase R$ 2 milhões só de premiação, além da renda de jogos importantes, projeção internacional, exposição na mídia, fidelização de torcedores e, por fim, a Copa Suruga, que trouxe mais receitas.

3 comentários:

Roberto disse...

Ainda bem que tem um time ai que atualmente não disputa essa copita :P

Saulo disse...

Enquanto os times brasileiros continuar desvalorizando essa competição, os times argentinos vão mandar.

gerson disse...

É falta de visão dos dirigentes desdenhar a sul-americana. A projeção internacional é importante para um grande clube. os brasileiros ficam lutando anos pra chegar na Libertadores e quando chegam lá são ilustres desconhecidos, sem experiência em competições internacionais.
É muito amadorismo da cartolagem.