segunda-feira, 12 de julho de 2010

Melhores, piores e a seleção da Copa


A segunda-feira foi super corrida e não deu tempo de fazer textos criativos aqui para o blog. Vou aproveitar uns minutinhos, copiar a ideia do amigo André Rocha, do blog Olho Tático no Globoesporte.com, e resumir rapidamente minhas preferências sobre a excepcional Copa do Mundo.

Aproveitando que temos um post mais solto, obrigado a todos pelas visitas. O Papo de Craque manteve um nível regular de postagens e a participação dos leitores é sempre motivadora. Foi profissionalmente uma honra poder trabalhar nesta Copa com os amigos do Terra. E um desafio achar tempo para escrever aqui, mas continua valendo muito a pena.

Melhor atuação individual: Schweinsteiger, em Alemanha 4×0 Argentina
Melhor atuação coletiva: Alemanha, na vitória sobre a Argentina
Melhor partida: Espanha 1 x 0 Holanda, a final
Pior partida: Inglaterra 0 x 0 Argélia
Melhor mudança tática: Bob Bradley, dos EUA, contra Eslovênia
Lance marcante: Mão do uruguaio Luis Suárez contra Gana
Surpresas: Uruguai, Gana e Nova Zelândia
Decepções: França e Itália. Se tiver de escolher uma, França
O maior fiasco: Rooney
O personagem: sem dúvida, Maradona. Já como treinador...
A imagem: Choro de Casillas após gol de Iniesta
Gol mais bonito: David Villa contra Honduras
Técnico: Joachim Löw
Pior técnico: Diego Maradona
Revelação: Thomas Müller
Craque da Copa: Diego Forlán
Melhor do Brasil: Maicon

SELEÇÃO DA COPA
Casillas; Sergio Ramos, Piqué, Juan e Lahm; Schweinsteiger, Sneijder, Müller e Iniesta; Villa e Forlán

RESERVAS
Eduardo; Maicon, Friedriech, Puyol e Coentrão; Diego Pérez, Kwadwo Asamoah, Xavi e Özil; Klose e Luis Suárez

Aproveite e veja as preferências do amigo André Rocha, no Olho Tático

4 comentários:

Leonardo Valejo disse...

Desculpe discordar, mas a final, em minha opinião foi uma partida do futebol arte( Espanha) X pancada ( Holanda). Penso que a melhor partida foi Alemanha x Inglaterra. Mas cada um com sua opinião.

Gostei do seu blog e coloquei ele em minha lista no meu blog. Gostaria se você fizesse o mesmo. Se puder, agradeço.

Abraço
Leonardo Valejo
www.maratonaesportiva.blogspot.com

Alexandre Anibal disse...

Acrescentaria nessa lista a defesa mais bonita.

E então escolheria a de Valladares no jogo contra o Chile.

Abraço!

Fernando disse...

Minha principal discordância seria com o pior técnico. O Maradona uniu o grupo ao seu redor. O Domenech fez o contrário.

Wagner disse...

Realmente, é difícil escolher quem é o pior: Maradona ou Domenech. Talvez Maradona não devesse ser incluído posto que, sequer é técnico.
Quero parabenizá-lo pela qualidade das matérias e, além do mais, primeira vez vejo o jornalismo fazer justiça ao futebol do Juan, que tecnicamente falando está bem a frente do Lúcio e figura entre os melhores defensores do mundo